Publicado em Sobre o Amor

Você quer alguém pra te fazer feliz?

Imagem

 

Se alguém me fizesse essa pergunta até ontem, eu diria “Claro que sim, ora! Quem não quer?!” Ainda bem que hoje é outro dia!

O mês de maio ainda nem acabou e eu já estou recebendo e-mails promocionais a respeito do dia dos namorados. E como se isso não fosse o bastante para lembrar aos solteiros o quanto eles estão solteiros, ainda somos levados a acreditar que se estamos solteiros, estamos sozinhos, e já que estamos sozinhos, estamos tristes.

É verdade que Tom Jobim bem disse que “é impossível ser feliz sozinho” e eu concordo com ele. Então parei para analisar melhor os conceitos de estar sozinho e de ser feliz. Será que eu consigo? Vamos lá.

A primeira conclusão que eu cheguei é que estar namorando não significa não estar sozinho, e eu digo isso por experiência própria. Isso desconstrói todo um ideal romântico amplamente divulgado desde os contos de fadas do século XV até as novelas da televisão de hoje. E não digo essas coisas porque sou contra o romantismo ou contra os finais felizes. Quem me conhece minimamente sabe que eu sou uma das pessoas mais românticas que existem e que Jane Austen fez parte da formação da minha personalidade.

Realmente deve ser ótimo ter a sorte de encontrar uma pessoa que nos ame, que tenha tudo a ver com a gente e que nos proporcione lindos momentos ao seu lado. O erro está em acreditar que essa tal pessoa possa ser a responsável pela nossa felicidade. Se pensarmos dessa forma nunca conseguiremos ser felizes com ninguém. O maior absurdo que há é acreditar que a nossa felicidade está em algo ou alguém fora de nós.

Ser feliz não depende de um status de relacionamento ou mesmo de uma companhia física. Felizmente eu sou cercada de pessoas incríveis que fazem com que todos os meus dias sejam diferentes um do outro, mas ainda que eu não tivesse isso, eu seria feliz só por ser quem eu sou. Por sorrir ao ouvir solos de violão, por viajar lendo textos do século XIX, por ter aprendido a rir de mim mesma e das minhas imperfeições. E ter em mim tudo isso e todos os sonhos do mundo, me fazem nunca estar sozinha.

Imagina que tragédia: duas pessoas que pensam que precisam de alguém para fazê-las felizes se encontram nesse mundo e resolvem namorar. Um infeliz buscando a felicidade em outro infeliz! Chega a ser irônico!

Se você não consegue ser feliz só por ser quem você é e acha que está sozinho só porque não tem namorado(a), reveja sua vida como eu estive revendo a minha nesses últimos tempos. Não procure nos outros aquilo que você só pode encontrar dentro de você. E não queira encontrar alguém que dependa de você pra ser feliz, mas que apenas deseje compartilhar a felicidade dele com você e estar ao seu lado para compartilhar da sua felicidade também.

Ainda está meio longe para o dia dos namorados, mas se até lá eu ainda estiver solteira, eu não estarei nem sozinha nem triste, mas apenas sem alguém especial com que eu possa dividir toda a alegria que eu trago no peito.

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

Um comentário em “Você quer alguém pra te fazer feliz?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s