Publicado em John Mayer, Sobre a Vida, Sobre Música

John Mayer e Eu

largeTalvez muita gente nem queira se dar ao trabalho de vir ler este post, possivelmente afirmando para si mesmas que já não aguentam mais me ouvir falando sobre o John Mayer. Mas tudo bem, porque eu não fiz esse post pensando nessas pessoas.

Hoje eu tive um dia memorável! Após 8 meses e 3 dias eu pude assistir novamente ao show do John Mayer que definitivamente mudou a trajetória da minha vida. E quando eu o vi ali de novo, com a mesma blusa rosa e com o cordão que hoje eu tenho igual, não tive como não me lembrar do dia em que estive diante daquela cena pela primeira vez. Quanta coisa muda em 8 meses!

Em 21 de setembro de 2013 eu estava em um quarto que não era só meu, sentando em uma cama que não era só minha, sozinha, assistindo quase que por acaso o show ao vivo no Rock in Rio de um cantor que eu tinha acabado de conhecer naquela mesma semana. Lá estava eu, sozinha e em crise, precisando urgentemente dar novos rumos pra minha vida.

E eu assisti o show todo, mesmo sem conhecer nenhuma das músicas que ele tocou, com exceção de ‘Daughters’, que eu já conhecia e achava linda, mas não sabia quem cantava e, estranhamente, nunca tinha procurado saber. E fui assistindo e gostando de tudo… e eu jamais poderei me esquecer do momento em que ele perguntou ao público se eles preferiam ‘Vultures’ ou ‘Stop this train’… E ele tocou ‘Stop this train’ e dali para frente nada mais foi como antes.

Eu rompi com tudo que me prendia a uma vida infeliz, mudei meus rumos… Sofri muito por conta disso no início, e por um mês inteiro eu não tive condições de conversar nada com ninguém. Não queria falar e nem ouvir ninguém, mas eu ouvi John Mayer e ele foi a minha grande companhia naqueles dias de sombras. Mas eles se foram… se foram e o John ficou!

E hoje foi de fato, mais do que um reencontro com o momento em que o John Mayer entrou de vez na minha vida. Foi um reencontro comigo mesma 8 meses atrás! Foi incrível me dar conta de que quando eu assisti aquele show pela primeira vez eu não conhecia 90% das músicas que ele tocou e que hoje eu sabia todas de cor! Mais incrível ainda foi perceber o quanto cada uma daquelas músicas foram trilha sonora de muitos dos meus dias desde setembro até hoje. Eu era outra pessoa e hoje sou outra pessoa.

Mas o mais lindo mesmo foi ver o quanto eu estou bem melhor hoje! E isso porque agora não estou mais sozinha! E digo isso não só porque agora tenho o John Mayer, mas também porque dessa vez eu não assisti ao show dele sozinha. O quarto agora é só meu e a cama é só minha… mas eu não estava sozinha!

Estava com alguém que é atencioso, me ouve e gosta de estar comigo. Alguém que entendeu minhas lágrimas quando ele começou a cantar ‘Daughters’ e depois também em ‘Slow dancing in a burning room’ e ‘Stop this train’ e até fiz enxugá-las mas não soube como e se deveria fazê-lo. Alguém que de fato se importa. Depois de tudo que já passei, sei o quanto isso raro!

O John Mayer só tem me trazido coisas boas…Além de novas músicas e novas melodias, me trouxe novas reflexões, novos modos de encarar a vida… Me trouxe uma nova vida, com novas pessoas. E entre todas essas pessoas, a vida acabou me trazendo alguém que se importa!

Como isso me faz bem!

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s