Publicado em Sobre Ser Você

Quanto de beleza você traz no peito?

woman-reading-a-book

(porque hoje eu me dei conta de quanto tempo eu já perdi nessa vida me importando com a aparência das pessoas)

Hoje eu fui para a faculdade e lá me encontrei com uma das professoras mais bonitas que eu já tive na vida! Ela é loira, é magrinha, tem olhos verdes e toda a vez que estou com ela eu penso: eu queria ser bonita assim!

Mas hoje, enquanto conversávamos e eu olhava aquele par de olhos tão lindos, eu comecei a refletir sobre coisas novas. Tudo isso que eu citei e que eu julgava que a faziam bonita são na verdade meros adornos. Ela é bonita, dentre outras coisas, porque é generosa e sempre atenciosa com todas as pessoas, independente de quem elas sejam.

Quando eu era mais nova, já houve um tempo em que eu definitivamente queria ser outra pessoa: ter outros olhos, outro cabelo, outro tamanho, outro corpo. Não me achava bonita. E ainda hoje tenho a mania de me achar bonita sempre em relação: mais bonita que minha vizinha, menos bonita que a Megan Fox. Por quê?

E eu também achava que o fato de uma pessoa ser bonita dava a ela o direito de tratar as outras como se elas fossem nada. E pensando assim, muitas vezes eu mesma já passava a me sentir um nada perto dessas “pessoas bonitas”. Por quê?

Ainda bem que começo agora a mudar meu modo de ver! Porque hoje eu me dei conta de que as pessoas que tem olhos claros não são mais bonitas do que as pessoas que tem olhos castanhos. Mas as pessoas que olham para o pôr-do-sol e sorriem são as pessoas mais bonitas do mundo!

E hoje eu também me dei conta de que ser generoso, gentil, ter disposição em ajudar e tratar as pessoas com atenção e carinho é o que nos deixa bonitos. E foi assim que eu vi alguém bonito diante dos meus olhos se tornar lindo no meu coração. E descobri finalmente que era essa a beleza que eu sempre procurei e que é essa a beleza que eu quero pra mim!

E para finalizar esse post, alguns versos (porque ele me deixou transbordando de beleza e de inspiração hoje):

O que faz uma pessoa ser mais bonita que outra é o quanto ela deixa em cada gesto sua alma vibrar, é o quanto ela se deixa cativar. É o quanto de energia ela traz no peito.

O que faz uma pessoa ser mais bonita que outra é o quanto ela deixa a natureza lhe inspirar, é o quanto de luz ela transmite com o olhar. É o quanto de paz ela traz no peito.

O que faz uma pessoa ser mais bonita que outra é o quanto ela deixa a poesia lhe tocar, é tudo aquilo que não se pode enxergar. É o quanto de amor ela traz no peito.

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

Um comentário em “Quanto de beleza você traz no peito?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s