Publicado em Sobre a Vida

Pra mim a vida é bela sim!

10311131_575121422607823_1740183823_n

Hoje o meu post não é daqueles em que eu questiono mais do que respondo. Hoje eu venho aqui para trazer uma constatação: a vida é boa e vale a pena. Se você discorda, ouça a música Sublime do querido Figueiredo e creio que mudarão de ideia.

Esse ano está passando muito rápido (acho que todos concordam) e, antes que ele acabe, parei um pouco pra ‘listar’ quantas coisas maravilhosas me aconteceram nesse tempo. Mas mais do que isso, me perguntei por que até o ano passado tanta coisa parecia tão difícil e em poucos meses tudo começou a dar certo pra mim.

Foi no dia 03 de março desse ano eu ouvi a Sublime pela primeira vez e logo de cara ela me encantou pela melodia, pela voz doce que a interpreta, mas, principalmente pela leveza e pela verdade da letra. E nessa semana, enquanto a ouvia pela milésima vez a caminho da faculdade, me veio o seguinte pensamento: Sublime explica tudo.

A vida, de fato, é cheia de coisas boas. Acontece que, muitas vezes, elas não chegam até nós porque simplesmente não olhamos para elas, não aprendemos a contemplar o belo, como já disse Augusto Cury. Depois de ter perdido boa parte da minha vida (anos da minha adolescência) chorando a toa e achando que nada era justo e que o mundo estava contra mim, hoje eu vejo que era eu quem ofuscava a minha vida.

A felicidade está ao alcance de todos porque ela está dentro de cada um nós e, portanto, só deve depender de nós mesmos. Mas de que cor está pintado o seu interior? Será que está cinza e amargo? Então por que não pintá-lo com novas cores? Eis o que até então me faltava. Olhar para o que é bom e encher-me com o colorido do que é bom. Como eu já disse, é fato! Infalível! A vida responde ao que você lhe entrega.

Entregue à vida alegria e ela te dará sorrisos.Entregue paz e ela te dará sossego. Desperte em si o amor, cultive o bem e você viverá cercado da beleza e do perfume das rosas, independente dos seus espinhos. Todas as coisas variam de acordo com a forma que você as olha, é só questão de opinião.

Liberte-se do que te deixa pra baixo, troque a forma hostil de ver o mundo por uma que deseje estar em harmonia com ele. Ilumine-se com a luz do sol e desconecte-se um pouco do que é virtual para conectar-se com o que é real e puro. Renove-se por dentro.

Viva o que é Sublime!

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s