Hoje não, amanhã talvez

110

E talvez o problema seja
Que nós esperamos demais
Da vida, das pessoas, do futuro
Esperamos demais pra agir, pra mudar

E talvez o problema seja
O daqui a pouco, o mais tarde
Ou o qualquer dia desses
Que às vezes se torna em nunca mais

E assim vamos postergando o hoje
Para um amanhã que não existe
Feito de ilusão e neblina
Sempre esperando demais!

Blog no WordPress.com.

Acima ↑