Publicado em John Mayer, Sobre Música

Viver de música

download

Eu sou uma pessoa de sorte, tenho muitos amigos músicos! E sei que o grande sonho da maioria deles é conseguir viver de música. Um sonho muito lindo e digno, apesar de ser não ser fácil de ser realizado, assim como não é fácil também o meu sonho de viver de literatura. Eu sei que essa expressão se refere a ter a música como profissão e não apenas algo que você faz porque ama mas ainda precisa de um trabalho mais tradicional pra conseguir se sustentar.

Hoje, porém, enquanto eu ouvia Pearl Jam no ônibus, à caminho da casa da minha prima, comecei a reformular esse conceito ‘Viver de música’. Cheguei à conclusão que vive de música todos aqueles que precisam de música pra viver.

Viver de música é não sair de casa sem o fone, é precisar ouvir música aonde quer que você vá. Seja da sua casa ao mercadinho da esquina ou por horas num ônibus até o trabalho.
Viver de música é medir o tempo com ela. Quanto tempo eu levo de casa pra faculdade? O Born and Raised quase inteiro! Quanto tempo da minha casa até o ponto de ônibus? Don’t look back in anger, mais ou menos.
Viver de música é definir o seu estado emocional pela música que você ouve no repeat.
‘ -E aí cara, como você está?’
‘ -Po, tô ouvindo Black no repeat desde acordei…’
(E pra você isso responde tudo!)
Viver de música é achar que ela é a melhor terapia, um ombro amigo em que você sempre se encostar independente do que aconteça.
Viver de música é ter uma música pra cada momento da sua vida, uma playlist mental de músicas pra sair da fossa, pra ficar mais ainda na fossa ou ao menos pra tentar entender porque raios você está na fossa.
(Bem, eu sempre acho que tudo tem a ver com uma fossa)
Viver de música é até mesmo ter algumas crenças comprovadas apenas por você mesmo a respeito dela. Como a crença de achar que você vai conseguir andar mais rápido quando está atrasado se você colocar pra tocar uma música mais rápida.
(Estudos afirmam que Chop Suey é capaz de te fazer andar até 300% mais rápido!)
Isso sem falar daquela crença doida de que uma música FOI TOTALMENTE E SEM DÚVIDA ALGUMA escrita pra você e mais ninguém no mundo. (Como não? Story of man foi escrita pra mim sim, eu hein!)
Viver de música é acreditar que de fato ela te ajuda e muito! Te ajuda a entender melhor o mundo, e porque as coisas são como são e talvez até mesmo porque você é como é!
Viver de música é não conseguir ser indiferente a ela. E quanto a isso cada um reage do seu jeito. Há os que pedem um violão de presente ainda novinhos, ou juntam um dinheiro suado pra comprar na juventude e então aprendem a tocar as suas músicas preferidas e logo estão compondo suas próprias. Há também os que não tem o talento necessário ou a disciplina necessária de horas praticando pra aprender a tocar, mas também compõem. Há os que se descobrem em outros instrumentos e também os que são sempre os que cantam nas rodinhas de amigos e acabam por que tem uma voz incrível! E há ainda os que eu chamo de ‘nerds musicais’ que não cantam, nem tocam, nem compõem mas sabem mais de música do que muita gente por aí! Sabe quem compôs o quê e quando e porquê e estão sempre te mostrando músicas lindas e cantores e banda sensacionais que você nem fazia ideia que existiam!

Viver de música! Que privilégio fascinante! O que seria de mim sem a música? Provavelmente não teria tanta sensibilidade e talvez nunca tivesse me interessado em estudar inglês! Quanta coisa eu já aprendi com música e quantos momentos bons ficaram ainda melhores só por causa da música que estava tocando na hora!

Viver de música é saber que mesmo tendo que fazer qualquer outro tipo de coisa na vida pra ter seu dinheiro, você simplesmente não pode viver sem ela.

E você, também vive de música?

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

4 comentários em “Viver de música

  1. Somos malucos por música. Eu, claro, só para ouvir, visto minha incapacidade de tocar algum instrumento (mesmo tentando tocar 3 instrumentos outrora). Música já me tirou da fossa, já me jogou pra fossa e já me fez entender que eu não estava na fossa. (sim, há aí um estudo complexo da relação música-fossa que obviamente não irei estudar ou analisar). Enfim, geralmente sou muito fã das músicas felizes, até mesmo as musicalmente felizes mas com letras fortes (várias do Pearl Jam, por exemplo). Que tal escutar mais músicas felizes?rsrs

  2. Não poderia concordar mais, acho incrível a facilidade que você tem em escrever algo que eu me identifique kkkkkkkk realmente, nunca tinha parado pra pensar nesse outro lado de viver de musica, mas o que você disse é verdade, eu só consigo forças pra ir ali num mercado nem que seja na esquina se for com meus fones, no meu mundinho que a musica faz eu viajar. parabéns pelo texto ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s