Nietzsche

São estes teus olhos pequenos
E toda a paz que eles me dão
Ou são os seus sorrisos amenos
Que tranquilizam meu coração?

Talvez seja a sua doçura ao falar
De coisas que me fazem sorrir
Ou o jeito carinhoso de me tratar
Ainda quando falo em desistir

Deve ser, então, um pouco de tudo
De Nietzsche às bochechas rosadas
Dos assuntos sérios às risadas

O que faz meu mundo ter mais conteúdo
O que traz pra minha vida cor e alegria
E transforma qualquer dor em poesia

Thaís Bartolomeu – 2015

Blog no WordPress.com.

Acima ↑