Publicado em Entrevista, Sobre Escrever

Entrevista com a escritora Luana Helena

luana2

  • Quando começou a sua paixão pelos livros? O que você se lembra dessa época?

Bom, segundo meu pai, desde bem pequena eu preferia a seção de livros a de brinquedos no supermercado…rsrs… Eu sempre tive livros, gibis, histórias, fantoches e outras coisas do tipo à disposição. Não sei dizer quando começou, creio que eu já nasci apaixonada.

  • Qual foi o primeiro livro que você leu? Conte um pouco sobre essa experiência.

Outra pergunta que não sei te responder! Livro mesmo eu não me lembro. Lembro muito dos gibis da Mônica. Fui alfabetizada, praticamente, em casa, então os gibis tiveram grande importância. Eu costumava brincar de recortar as personagens e criar novas histórias.

  • Você se lembra do primeiro texto literário que escreveu? (foi uma história, uma poesia… do que você se lembra sobre isso?)

Pensando em publicar, foi o Água de Sereia, em 2013, que nasceu em forma de conto, mas tenho me aventurado desde que me conheço por gente. Com uma cara um pouco mais profissional, escrevi de 2007 a 2010 uma história no meu extinto blog, o Sina Nossa. Tinha um número legal de leitores assíduos, fiz amizades, melhorei minha escrita… Foi uma época bem legal.

  • Quando você percebeu que gostaria de ser escritora?

Eu sempre quis trabalhar com a escrita, mas tinha vergonha de dizer que queria ser escritora. Não queria ser tachada de doida e ouvir aquele papo de que isso não dá dinheiro, então fui procurando alguns caminhos alternativos. Já quis ser jornalista, atriz, tive vários blogs, fiz Letras…. Dei muitas voltas até que resolvi assumir a profissão em maio de 2013.

  • Quais autores fizeram parte da sua formação como leitora e em quais você mais se espelha para a sua escrita?

Nossa… Muitos, mas principalmente os brasileiros. Manoel de Barros, Manuel Bandeira, Machado de Assis, Lygia Fagundes Telles, Clarice Lispector, Pedro Bandeira, Drummond, Vinícius, Guimarães Rosa… Gosto muito dos clássicos.

A simplicidade e o contato com a natureza do Manoel de Barros me inspiram nos textos infantis, enquanto a Lygia me mostra a profundidade nos contos.

  • Fale um pouco da sua carreira como escritora. 

Sou mãe e autora dos livros Água de Sereia e Um Gigante de Estrelas, lançados, respectivamente, em 2013 e 2014. Tenho mais um título infantil em produção com previsão de lançamento para novembro deste ano, além de um livro de contos ainda sem data de lançamento.

Além de autora, sou minha divulgadora! Sou independente, então tenho que vender meu peixe. Visito escolas, desenvolvo projetos de leitura, faço contação do Água de Sereia, palestras sobre os livros e a vida do escritor… Gosto muito de estar entre os leitores!

  • Como você concilia sua carreira de escritora com a de professora?

Correndo e trabalhando muito! O tempo é curto, mas tento aproveitar da melhor maneira possível, então, reservo duas tardes da minha semana para a divulgação do livro. Para escrever, conto com os pequenos momentos livres…rsrs

  • Qual você considera o momento mais bonito de ambas as carreiras?

Na de professora, quando um aluno que não gostava de ler ou estudar passa a gostar porque ouviu uma palavra boa na sua aula. Isso não tem preço.

Na de escritora, quando criamos sonhos na cabeça do leitor. Um leitor com sonhos é a coisa mais linda de se ver!

  • Qual é o seu maior sonho como escritora?

Ter minhas histórias espalhadas pelo Brasil e também traduzidas em outros idiomas. Como divulgadora do meu trabalho, é palestrar em um evento literário internacional.

  • O que a literatura representa pra você?

Representa o que eu sou e o que me falta ser.

.

.

.

Para conhecer mais do trabalho da Luana, visite 

https://www.facebook.com/pages/%C3%81gua-de-Sereia/1386122131619318?ref=ts&fref=ts

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

2 comentários em “Entrevista com a escritora Luana Helena

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s