Publicado em Filmes e Séries, Sobre a Vida, Sobre Ser Você

The Real Reason

13 Reasons Why tem sido um dos assuntos mais comentados nas redes sociais desde o lançamento da série há cerca de um mês atrás na Netflix. Resolvi assistir por ver tanta gente comentando que a série era muito boa etc etc. Se eu gostei? Leia e descubra um pouco da experiência de uma ex-suicida em potencial. 

Não, eu não gostei! E são várias as razões que me fizeram não gostar, começando da própria série em si. Achei muito arrastada, não me deixou com vontade de ficar ali assistindo freneticamente. Só continuei assistindo realmente para saber quem seriam os próximos e ver até onde aquilo daria. Achei fraquíssimo o recurso de dar ao protagonista uma cicatriz no presente para ficar mais fácil entender quando a cena acontecia no presente e quando era um flashback. É esperar muito pouco do espectador. Mas enfim, se fosse só isso estaria bom.

O argumento da série em si me desagradou muito, pois o próprio título já indica que a personagem Hannah ao deixar as gravações procura apontar culpados para o seu suicídio e isso não existe! Sinto desapontar você, mas ninguém se mata porque sofreu bullying ou mesmo porque foi estuprada. Assim como ninguém se mata porque uma série mostrou o suicídio de uma personagem de forma romantizada.

No meu modo de ver, quem procura culpados em um caso de suicídio sabe muito pouco sobre o que é depressão e outras doenças relacionadas.

Eu também não sou nenhuma expert, mas sei que o que leva uma pessoa a se matar não é que o acontece de ruim em sua vida e sim a falta controle emocional para lidar com as situações, causada pela desordem química no cérebro, um dos efeitos da depressão. Sendo assim, não faz sentido procurar culpados.

Se abandono, bullying, violência fossem CAUSAS de suicídio, todas as (ou muito mais) pessoas que passam por essas situações iriam se matar e não é dessa forma. Há pessoas que se matam após perderem um emprego ou sofrerem uma traição, mas não podemos afirmar que essas são causas do suicídio.

Em diversos momentos da minha adolescência e até na fase adulta eu pensei em me matar (assim como muitas outras meninas) e esses pensamentos só pararam de rondar a minha mente definitivamente após terapia. Hoje eu entendo que eu era uma pessoa psicologicamente doente.

Obviamente a série tem o seu valor em mostrar o quanto o bullying pode fazer mal às pessoas, porém acredito que isso poderia ser mostrado como um dos fatores que colaboram com o suicídio mas não como um PORQUÊ.

Algo que também me incomodou muito foi o fato de a personagem atribuir igual culpa a quem cometeu atos com pesos absolutamente diferentes! Isso e o fato de a série mostrar implicitamente que, caso você queria ser realmente ouvida, nada melhor do que se matar para chamar a atenção dos que estão à sua volta.

Acho que não vale a pena ficar fazendo campanha para as pessoas não assistirem (afinal cada um faz o que quer), mas é certo que 13 Reasons Why mostra o problema do suicídio de maneira bem menor do que realmente é. Vale a pena insistir, vale a pena procurar ajuda! As pessoas não vão deixar de serem más, sempre vai ter gente pre te trair, te humilhar e te decepcionar. Infelizmente. E há sim, muitas pessoas que não conseguem lidar com tudo isso sozinhas, daí cabe à nós procurar tratamento, seguir em frente e não nos deixarmos vencer.

___________________________

Pra encerrar, uma música que me ajudou bastante e talvez possa ajudar mais alguém…

Autor:

Thaís tem 25 anos, é formada em Letras pela UFF e recentemente concluiu o mestrado em Literatura Brasileira. Adora dar aula e sempre que dá leva alguma música. A Thaís acha o Machado de Assis o escritor mais genial e totalmente incrível de todos os tempos e na música não há outro como John Mayer. Ela sabe fazer um brigadeiro muito bom, mas garante que escrever é o que de fato ela sabe fazer de melhor nessa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s